Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Embraer inaugura hangar para montagem de avião nos EUA

As aeronaves serão usadas para fornecer apoio aéreo, reconhecimento e capacidade de treinamento aos militares do Afeganistão

Por Da Redação 26 mar 2013, 21h38

A Embraer inaugurou nesta terça-feira as instalações de Jacksonville, na Flórida, onde a companhia montará os aviões do Programa LAS (Light Air Support), ou Apoio Aéreo Leve, para a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF, na sigla em inglês). De acordo com a empresa, as atividades já estão em andamento na preparação para as operações industriais. A entrega da primeira aeronave A-29 Super Tucano está programada para meados de 2014.

Em 27 de fevereiro, a USAF concedeu o contrato do programa LAS à Sierra Nevada Corporation (SNC) e à Embraer para o fornecimento de 20 aeronaves A-29 Super Tucano e dispositivos de treinamento em solo, treinamento de pilotos e de manutenção e apoio logístico, num negócio avaliado em 427,5 milhões de dólares. As aeronaves serão usadas para fornecer apoio aéreo leve, reconhecimento e capacidade de treinamento aos militares do Afeganistão.

Leia também:

Embraer fecha acordo de US$ 4 bi com controladora da American Airlines

Embraer prevê demanda de 1.005 novas aeronaves na China em 20 anos

As duas empresas já haviam vencido o mesmo contrato em 2011, mas a única concorrente na disputa, a norte-americana Beechcraft contestou a decisão e o governo norte-americano decidiu fazer nova licitação, vencida novamente pelas duas companhias. Após a USAF reiterar a escolha pelo Super Tucano, a concorrente apresentou um novo protesto contestando o resultado da licitação.

Continua após a publicidade

A Beechcraft, que acaba de sair de uma concordata, diz que com a opção pela Embraer, cerca 1,4 mil postos de trabalho no Kansas e em outros Estados norte-americanos estão em perigo, alegando que, com a decisão, a Força Aérea estaria transferindo a geração de empregos para o Brasil.

Leia ainda: Força Aérea dos EUA confirma compra de Super Tucanos da Embraer

Embraer fecha contrato de reposição de peças de US$ 400 mi com Azul

Em nota à imprensa, a Embraer destacou nesta terça que, por meio do programa LAS, a empresa e a Sierra Nevada darão suporte a mais de 1.400 empregos em mais de 100 empresas em todo o território americano. Salienta também que a sede americana da Embraer, localizada em Ft. Lauderdale, na Flórida, atualmente emprega mais de 1,2 mil pessoas nos EUA. Diz ainda que a empresa dará emprego ainda a mais 200 engenheiros, quando ficar pronto o novo Centro de Tecnologia e Engenharia, que está sendo construído em Melbourne, também na Flórida.

Nas instalações da Embraer de Jacksonville, num hangar de 3,716 mil metros quadrados no aeroporto da cidade, serão realizadas as etapas de pré-equipagem, montagens mecânica e estrutural, instalação e teste de sistemas e testes em voo para as aeronaves A-29.

(com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade