Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em uma semana, 120 mil pessoas já renegociaram dívidas com a Caixa

Em entrevista que estreia o programa Páginas Amarelas, o presidente do banco, Pedro Guimarães, afirma que descontos vão até 90%

Na primeira semana do programa de renegociação de dívidas Você no Azul, da Caixa Econômica Federal, cerca de 120 mil pessoas regularizaram a situação com banco, segundo afirmou o presidente da instituição, Pedro Guimarães, em entrevista ao diretor de Redação de VEJA, Mauricio Lima. A conversa estreia o programa Páginas Amarelas.

A campanha do banco público tem duração de noventa dias e oferece descontos em dívidas de até 90%. O objetivo da instituição é limpar o nome de aproximadamente 3 milhões de pessoas. “A renegociação de 3 milhões de CPFs está voando. Em uma semana, já temos mais de 120 mil pessoas que conseguiram ter a sua cidadania financeira de volta”, disse. O programa, posto em prática na semana passada, prevê a participação de clientes que têm débitos com atraso superior a 360 dias. Os descontos oferecidos variam de 40% a 90% para liquidação à vista, conforme a situação dos contratos e o tipo de operação de crédito.

Questionado sobre a afirmação do ministro da Economia, Paulo Guedes, feita na semana passada, de que o governo estuda a liberação dos recursos dos trabalhadores depositados em contas ativas e inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), Guimarães diz que a decisão é 100% do ministro.

“Isso já aconteceu no passado, e a Caixa é o grande organizador de um processo como esse. A Caixa já fez no passado e está absolutamente preparada para fazer agora”, afirma o presidente do banco. “A decisão é do ministro, e ele comunica a Caixa. Por enquanto, ainda não conversamos sobre isso.” Segundo o executivo, seriam necessárias “pouquíssimas semanas para que a medida fosse operacionalizada”.