Clique e assine com até 92% de desconto

Em sessão de giro fraco, Bovespa sobe 1,23%

Por Da Redação 22 dez 2011, 17h43

Por Claudia Violante

São Paulo – O prognóstico de que o volume financeiro vai minguar continuamente até o último pregão de dezembro teve mais uma amostra hoje. O fluxo de negócios diminuiu e, à tarde, muitos profissionais já haviam abandonado as mesas de negociação. Com menos operações – e com a bússola externa em alta hoje -, as operações ganharam força e impulsionaram a Bovespa além de Wall Street.

O Ibovespa terminou o dia com ganho de 1,23%, aos 57.347,87 pontos. Na mínima, registrou 56.557 pontos (-0,17%) e, na máxima, os 57.459 pontos (+1,42%). No mês, acumula alta de 0,83% e, no ano, queda de 17,25%. O mercado se pautou na sessão nos bons dados divulgados nos EUA – e na ausência de notícias ruins vindas da Europa.

Agradou, sobretudo, o dado do mercado de trabalho que mostrou que o número de trabalhadores norte-americanos que entrou pela primeira vez com pedido de auxílio-desemprego recuou 4 mil, para 364 mil, após ajustes sazonais, na semana até 17 de dezembro. Trata-se do menor número de novos pedidos desde a semana que terminou em 19 de abril de 2008 e ocorre pela terceira semana seguida. Os economistas ouvidos esperavam alta de 14 mil solicitações, para 380 mil.

No setor aéreo, TAM PN fechou em +1,10% e Gol PN, em -0,23%. Nesta tarde, os aeronautas (profissionais que trabalham nos voos) suspenderam a greve prevista para começar a partir das 23 horas de hoje.

Continua após a publicidade
Publicidade