Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em meio à crise, ex-deputados gregos pedem indenizações milionárias

Atenas, 12 dez (EFE).- Em meio à grave crise econômica que atravessa a Grécia, um grupo de 117 ex-deputados dos principais partidos do país, o Pasok e a Nova Democracia (ND), pediram indenizações e o pagamento retroativo de salários da época em que ainda legislavam, anunciou nesta segunda-feira a imprensa grega.

Os ex-parlamentares argumentam que uma lei de 2008, que equiparava os salários dos congressistas aos do judiciário, não foi cumprida.

Por isso, esse grupo exige o pagamento retroativo da diferença de seus rendimentos, e também uma compensação por dano moral. As exigências dos parlamentares provocaram fortes críticas na imprensa grega, pois as demais profissões do país viram seus salários cairem entre 20% a 40% nos últimos dois anos.

Além disso, discute-se a possibilidade de se reduzir o salário mínimo para menos de 751,39 euros. Um deputado na Grécia recebe cerca de 5.600 euros por mês. Outro ponto que gerou protestos foi o fato de alguns desses ex-deputados estarem sendo investigados por corrupção. EFE