Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em dia de volume reduzido, dólar balcão sobe a R$ 1,859

Por Alessandra Taraborelli

São Paulo – Na penúltima sexta-feira do ano, a moeda norte-americana oscilou no ritmo dos poucos operadores que ainda trabalharam hoje, aproveitando para fazer os ajustes de final de ano. O dólar à vista fechou em alta de 0,38% valendo R$ 1,8590 no balcão. Durante o dia, a moeda oscilou entre a mínima de R$ 1,8470 (-0,26%) e a máxima de R$ 1,8630 (+0,59%).

Segundo um operador, o volume financeiro hoje ficou bem abaixo da média diária. Já o fluxo foi positivo. “Hoje o dia está mais parado do que gato em cima de jangada”, disse a fonte para ilustrar a sessão. Ainda segundo o profissional, na próxima semana os negócios com a moeda norte-americana devem concentrar-se entre segunda e terça-feira e, mesmo assim, com fluxo semelhante ao de hoje, que deve ter ficado em torno de US$ 1,4 bilhão. “A expectativa é de que os últimos ajustes do ano sejam feitos na segunda e terça (feira), depois o mercado vai ficar só monitorando. Além disso, na quarta-feira a clearing de câmbio da BM&F não funciona, o que ajuda a reduzir ainda mais os negócios”, disse o profissional.

Segundo a assessoria da BM&F, no dia 28 a clearing de câmbio não irá realizar liquidação em D+2, no dia 29, não haverá em D+1 e, no dia 20, não serão realizadas D+0 e os negócios na clearing serão encerrados às 12 horas. Na BM&F, o dólar à vista terminou com alta de 0,37%, a R$ 1,8583. O giro financeiro registrado na clearing de câmbio da BM&F, às 16h30, era de US$ 2,056 bilhões, dos quais US$ 1,684 bilhão em D+2.

No mercado futuro, o dólar janeiro de 2012 estava em alta de 0,05%, cotado a R$ 1,869 no mesmo horário, com um volume de US$ 8,100 bilhões, de um total de US$ 8,472 bilhões, com dois vencimentos negociados em alta.