Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em dia de mudança no Ministério da Fazenda, dólar fecha em alta de 1,48%

Em dia de mudança no Ministério da Fazenda, com a substituição do ministro Joaquim Levy por Nelson Barbosa, o dólar fechou em alta de 1,48%, a 2,94 reais. Os investidores passaram a sessão também sob a influência das decisões da véspera do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o rito do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. As decisões do STF deram mais fôlego à presidente.

Ao chegar a 3,94 reais, o dólar atingiu seu maior patamar de fechamento desde 1º de outubro, quando encerrou o dia negociado por 4 reais. Nesta semana, o dólar acumulou alta de 1,88%.

O movimento de alta do dólar chegou a perder força durante o fim da manhã e início da tarde, movido por negócios pontuais e liquidez baixa, mas os receios em torno do cenário político e econômico voltaram ao foco dos investidores e a moeda americana voltou a acelerar os ganhos em relação ao real.

A troca de Levy não é bem recebida pelo mercado, já que o ministro é um dos maiores defensores do ajuste fiscal dentro do atual governo. Barbosa, por sua vez, é visto como um perfil mais desenvolvimentista e vinha se posicionando contra ajustes fiscais muito austeros.

Leia mais:

Nelson Barbosa é o novo ministro da Fazenda

De saída, Levy diz que governo parece ter medo de reformas

(Com Reuters)