Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em campanha de marketing em SP, ‘Economist’ oferece café feito com grãos extraídos das fezes

A revista britânica The Economist lançou uma curiosa ação de marketing nas ruas da avenida Brigadeiro Faria Lima, centro empresarial de São Paulo. Quem passasse por lá na tarde desta terça-feira poderia provar o Kopi Luwak, o café mais caro do mundo, sem pagar um centavo. A iguaria é colhida das fezes de mamíferos carnívoros que habitam a região de Sumatra, na Indonésia – os chamados civetas. Para que o grão atinja sua qualidade máxima, é preciso que ele seja ingerido (e digerido) pelos roedores que habitam as palmeiras do entorno. Somente quando os grãos são expelidos pelos animais, em forma de fezes, estão no ponto para serem torrados e moídos. Custam em torno de 80 dólares (ou 280 reais). Em sua página no Facebook, a revista diz que oferecerá a iguaria gratuitamente até amanhã.

Civeta Civeta

Civeta (/)