Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em 1º encontro, Hollande e Cameron defendem austeridade

Líderes europeus estão reunidos nos Estados Unidos para a Cúpula do G8

O recém-eleito presidente francês, François Hollande, e o primeiro-ministro britânico, David Cameron, destacaram nesta sexta-feira, em Washington, que é possível haver crescimento e austeridade econômica. Foi o primeiro encontro entre os dois líderes europeus, que estão nos Estados Unidos para participar das Cúpulas do G8, em Camp David, e do G20, em Chicago.

“Estamos convencidos de que é preciso manter a política de saneamento de nossas contas públicas e, também, dar mais espaço para o crescimento”, explicou Hollande. O socialista, no entanto, observou que ele e Cameron divergem em algumas posições sobre o crescimento.

Leia mais:

Antes do G8, Obama e Hollande adotam discurso pró-crescimento

Obama deve pressionar líderes europeus na reunião do G8

Potências nucleares – “Não há contradição entre austeridade e crescimento”, disse Cameron, que aplica uma severa política de contenção na Grã-Bretanha. “Precisamos de um programa forte de redução de déficits para obter este crescimento. O presidente Hollande acredita nisto e eu, também”, frisou, em discurso conciliatório.

Segundo Cameron, os dois conversaram ainda sobre a cooperação estratégica nas questões de defesa, “onde Grã-Bretanha e França são estreitos aliados e trabalham juntos para benefício mútuo”.

“Somos duas potências nucleares na Europa e temos a vontade comum de manter a eficiência de nossas armas e buscar toda a cooperação possível”, revelou Hollande após a reunião, celebrada na embaixada britânica de Washington. O líder francês aceitou um convite de Cameron para uma reunião ainda sem data marcada em Londres.

(Com Agência France-Presse)