Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Elétricas têm perdas na Bolsa após pacote de medidas do governo

O índice do setor elétrico (IEE) da Bovespa registra queda de mais de 1% na manhã desta sexta-feira, um dia depois de o governo federal anunciar ajuda de R$ 12 bilhões para conter a crise

O índice do setor elétrico (IEE) da Bovespa registra queda de mais de 1% na manhã desta sexta-feira, depois de o governo anunciar medidas para equacionar gastos de distribuidoras relacionados à forte geração termelétrica, mas em um momento em que ainda pairam dúvidas sobre seu sucesso. Às 11h24, o IEE recuava 1,28%, ante queda de 0,11% do Ibovespa.

Leia também:

Consumidores e Tesouro vão bancar aporte de R$ 12 bilhões ao setor elétrico

Consumo de energia sobe – mesmo com reservatórios em baixa

Analistas da XP Investimentos afirmaram que a resolução do governo retira as incertezas sobre como os recursos serão repassados para as distribuidoras, e que ainda há dúvida sobre o repasse futuro às tarifas, acrescentando que a manobra não alivia em nada a pressão sobre os reservatórios das hidrelétricas e não retira a possibilidade de racionamento de energia ainda em 2014.

Na quinta, o governo anunciou um pacote de 12 bilhões de reais para o setor na tentativa de conter a crise energética e equacionar a elevação do custo da energia. Ao todo, serão liberados 4 bilhões de reais dos cofres públicos e 8 bilhões de reais por meio de bancos públicos e privados, em forma de empréstimos às distribuidoras. O endividamento do setor será pago pelos contribuintes por meio do aumento das tarifas de energia.

Leia ainda:

Desordem no setor elétrico: até as manutenções estão proibidas

Governo precisa reconhecer problema de energia, diz FHC

(com agência Reuters)