Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Eike Batista será sócio de fábricas da Foxconn no Brasil

Por Da Redação 13 nov 2011, 15h52

São Paulo, 13 nov (EFE).- O empresário Eike Batista será um dos sócios da empresa taiwanesa de tecnologia Foxconn em suas novas fábricas de componentes eletrônicos e de telas no Brasil, informou neste domingo o jornal ‘Folha de S.Paulo’.

Segundo o jornal, Eike e Terry Gou, presidente do grupo taiwanês, ‘assinaram um acordo de confidencialidade para a montagem da engenharia societária e financeira do negócio’.

Na primeira etapa, o projeto prevê investimentos de US$ 4 bilhões para a criação de uma das fábricas, sendo que US$ 500 milhões seriam financiados pelo grupo de Eike Batista. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) também entra na negociação com US$ 1,2 bilhão, quase 30% do negócio.

No total, a Foxconn pretende investir US$ 12 bilhões no Brasil, além de firmar parcerias com empresas brasileiras como a construtora Andrade Gutiérrez, a Positivo, a Semp e a Itautec, todas do setor de tecnologia.

A segunda etapa do projeto deverá priorizar a construção de outra fábrica para produzir telas para tablets, computadores portáteis e telefones celulares. A produção atenderia com exclusividade os produtos da Apple, como o iPad e o iPhone. A empresa deverá ser construída em Jundiaí, no interior de São Paulo.

Outra unidade de produção, para fabricação de baterias e placas de energia solar, também está incluída na etapa final desta negociação.

Desde 2003 no Brasil, a Foxconn já possui quatro fábricas, todas voltadas para atender às demandas de multinacionais como Sony e Nokia. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade