Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Egito pede empréstimo de US$ 3,2 bi ao FMI

Cairo, 17 jan (EFE).- O Egito pediu ao Fundo Monetário Internacional (FMI) um empréstimo de US$ 3,2 bilhões para reduzir seu déficit, informou à Agência Efe uma fonte do Ministério de Planejamento e Cooperação Internacional egípcio.

A fonte explicou que a titular desse ministério, Faiza Abul Naga, e o chefe do governo egípcio, Kamal Ganzouri, se reuniram com uma delegação do FMI presidida pelo diretor para o Oriente Médio e a Ásia desta instituição, Massoud Ahmed, para discutir as medidas necessárias para que o Egito obtenha a ajuda.

Em novembro, o ex-ministro das Finanças, Hazem al-Beblawy, antecipou que o Egito tinha a intenção de aceitar o empréstimo proposto pelo FMI, depois de tê-lo rejeitado em junho com o argumento de que preferia recorrer a financiadores internos.

A fonte disse que o motivo da solicitação do empréstimo é o déficit fiscal do país, que chega a US$ 24 bilhões ou 8,7% do PIB.

Está previsto que seja concedida na tarde desta terça-feira uma entrevista coletiva no escritório da ministra com o fim de apresentar o acordo alcançado entre o Egito e o FMI. EFE