Clique e assine a partir de 9,90/mês

Edital de aeroportos tem cinco pedidos de impugnação

Anac não divulgou, contudo, os nomes dos agentes que encaminharam as solicitações, nem os pontos que estão sendo questionados

Por Da Redação - 27 jan 2012, 14h57

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou nesta sexta-feira que houve cinco pedidos de impugnação relativos a itens do edital do leilão de concessão dos aeroportos de Brasília (DF), Guarulhos (SP) e Campinas (SP), marcado para 6 de fevereiro. No entanto, a decisão da agência sobre os pedidos só deverá ser anunciada na próxima terça-feira, conforme estabelece o cronograma do processo de concessão.

Nem os agentes que encaminharam os pedidos de impugnação, nem os pontos que estão sendo questionados foram revelados pela Anac.

Na mesma nota, a Secretaria de Aviação Civil (SAC) informou que está prevista para o primeiro trimestre a divulgação do plano de outorgas dos aeroportos brasileiros – estudo em fase de finalização.

Por meio desse plano, a SAC dará as diretrizes para o futuro do setor. “O governo estabelecerá os critérios para definir quais aeroportos ficarão sob o controle da União, os que devem ser administrados por Estados ou Municípios e, por fim, os que poderão ser concedidos à iniciativa privada”.

Continua após a publicidade

Indefinição – Um pouco mais cedo nesta sexta-feira, a Secretaria de Aviação Civil (SAC) informou, por meio de nota, que ainda não existe definição sobre a concessão de outros aeroportos no Brasil além dos já definidos: São Gonçalo do Amarante (RN), já concedido, e os que estão em processo de concessão (Guarulhos, Brasília e Viracopos).

(com Agência Estado)

Publicidade