Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Ecopetrol quer adquirir ativos no Brasil

Por Da Redação - 6 out 2011, 16h23

Por Kelly Lima

Rio – A colombiana Ecopetrol está interessada em oportunidades para adquirir ativos no Brasil e pretende tornar-se operadora em águas rasas já em 2012. Para as águas profundas, os planos são para 2015. Segundo afirmou em apresentação durante a Offshore Technology Conference (OTC), no Rio, o diretor da empresa no Brasil, João Clark, a ideia de crescer no País, no entanto, visa uma maior seleção de projetos e conta inclusive com planos de abrir mão de alguns blocos.

Até o final de novembro, por exemplo, a empresa se reunirá com a Petrobras e a Vale, parceiras da maior parte dos blocos em que atuam no País, para definir em quais as operações continuarão e quais deles serão devolvidos à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natura e Biocombustíveis (ANP).

Hoje, a Ecopetrol mantém oito blocos localizados nas bacias de Campos, Santos e Pará-Maranhão. A expectativa da empresa é investir 20% até 2020 dos US$ 66 bilhões programados para a totalidade de seus ativos no mundo. Além do Brasil e da Colômbia, a Ecopetrol mantém atividade no Golfo do México e Peru. A empresa, que produz hoje 800 mil barris por dia (bpd), quer chegar a 2020 com uma produção de 1,3 milhão de bpd.

Publicidade