Clique e assine a partir de 9,90/mês

Economistas reduzem expectativa para PIB deste ano a 2,24%

Na semana passada projeção havia sido mantida em 2,28%. Estimativas para inflação e Selic permanecem inalteradas

Por Da Redação - 5 ago 2013, 09h13

Economistas de instituições financeiras voltaram a reduzir suas perspectivas para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2013, de acordo com o relatório semanal Focus divulgado nesta segunda-feira. A média das estimativas passou de 2,28% para 2,24%. Para 2014, a projeção média continua em expansão de 2,60%.

A expectativa para o crescimento da produção industrial, um dos componentes do PIB, também caiu nesta semana, passando de 2,10% para 2% para este ano, mas foi mantida em 3% para 2014.

Leia mais:

Guido Mantega: “A inflação é a pior coisa”

FMI diz que inflação é alta no Brasil e pede mais aperto monetário

Continua após a publicidade

Em relação à inflação, a projeção para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) neste ano foi mantida em 5,75%, mas para o ano que vem caiu de 5,88% para 5,87%. Os economistas ouvidos pelo BC mantiveram sua expectativa para a Selic em 9,25% em 2013.

Por fim, para o câmbio a projeção ficou inalterada em 2,25 reais este ano e 2,30 reais ano que vem.

Leia ainda: Confiança da indústria cai para menor nível em 4 anos

Prévia do PIB indica retração econômica de 1,4% em maio – maior desde 2008

(com agência Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade