Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Economia britânica cresce o dobro do esperado no 3º trimestre

PIB acelerou 0,8% entre julho e agosto. Em relação a 2009, alta é de 2,8%

A economia britânica cresceu duas vezes mais rápido do que o esperado no terceiro trimestre deste ano, segundo dados divulgados nesta terça-feira pelo governo. O Produto Interno Bruto (PIB) da Grã-Bretanha aumentou 0,8% entre julho e setembro, ante expectativa de 0,4% dos analistas do mercado.

O resultado reduz as chances de que o Banco da Inglaterra implemente novas medidas de estímulo econômico a curto prazo. Na última quarta-feira, o governo britânico anunciou que o déficit público chegou a 20,7 bilhões de libras (32,6 bilhões de dólares), o maior da história. Um ano antes, ele era de 19,2 bilhões. Os economistas foram pegos de surpresa: eles previam uma redução do déficit para cerca de 15 bilhões de libras. A situação alarmante das contas públicas levou o governo a anunciar providências radicais no mesmo dia.

O pacote de revisão dos gastos do governo – aliado à elevação do imposto sobre valor agregado e a uma possível diminuição da atividade de construção -, porém, deve provocar uma desaceleração do crescimento britânico no próximo ano.

Um quarto da expansão do terceiro trimestre deveu-se ao setor de construção, que representa cerca de 6% da economia britânica. Analistas previam uma alta de 0,4% – um terço da taxa registrada nos primeiros três meses do ano. Em relação ao terceiro trimestre do ano passado, o PIB cresceu 2,8%, a maior taxa anual em três anos. No trimestre anterior, houve expansão de 1,7%.

O crescimento anual de 11% da construção é o maior desde o primeiro trimestre de 1988. O avanço do setor de serviços se manteve em 0,6% no trimestre, mas a produção industrial desacelerou para uma expansão de 0,6%, ante 1% no trimestre anterior.

(Com agência Reuters)