Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

EBX negocia com a Foxconn fabricação de telas

Por Glauber Gonçalves

Rio – A EBX, do bilionário Eike Batista, está negociando, em conjunto com outros grupos brasileiros, a instalação de uma fábrica de telas de LCD para tablets e televisões em sociedade com a gigante taiwanesa Foxconn. As empresas planejam erguer a unidade em Minas Gerais, informou hoje a EBX, sem revelar as empresas nacionais envolvidas no projeto nem outros detalhes das negociações.

A Foxconn e a EBX têm conversado com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que busca formas de viabilizar o projeto, de interesse do governo. Entretanto, ainda não há definições sobre as condições da atuação do banco no projeto. Procurada, a instituição não informou se apenas financiaria o empreendimento ou se também pode entrar como sócia.

No mês passado, o governo concedeu incentivos fiscais para a fabricação de tablets no Brasil pela Foxconn, empresa que produz o iPad, da Apple, na China. Eike aguardava apenas a concessão de benesses do governo para decidir entrar de vez nesse segmento.

Em dezembro, o executivo cobrou isenções. “Com o que está aí, dá para você montar (tablets), mas não baixar dramaticamente o preço. O objetivo para dar um salto de produtividade no Brasil inteiro é levar a zero os impostos”, disse na ocasião. Ele chegou a colocar em dúvida a parceria com a Foxconn e aventou a possibilidade de se associar a outras empresas, como a Samsung.