Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

EBX e fundo de Abu Dhabi reestruturam acordo

Segundo holding, uma parcela do investimento inicial da Mubadala e acordos complementares foram concluídos, mas não entrou em detalhes sobre conteúdo do contrato

Por Da Redação 10 jul 2013, 12h10

A EBX, holding do empresário Eike Batista, anunciou nesta quarta-feira ter finalizado com sucesso a reestruturação dos termos e condições do acordo fechado em abril de 2012 com a Mubadala Development Company, fundo de investimento de Abu Dhabi. O novo acordo “reforça ainda mais a estabilidade do grupo”, segundo a OGX.

A holding do empresário disse ter resgatado uma parcela significativa do investimento inicial da Mubadala e que ambos concluíram “com sucesso” acordos complementares que garantiram uma maior preservação da parcela remanescente do investimento da Mubadala. Como credor, o fundo também está envolvido na reestruturação que está sendo feita para salvar o grupo. Com a falta de confiança e as promessas não cumpridas de Eike, o mercado reage negativamente e o valor de mercado de suas empresas despencou neste ano.

Leia também: Valor de mercado das empresas X desabou 72% em 2013

“EBX e Mubadala continuarão engajadas nas discussões relativas às etapas finais da reestruturação da EBX, bem como no que diz respeito ao pleno desenvolvimento dos negócios das empresas que compõem o Grupo EBX”, disse a nota enviada à imprensa. Como credor, o fundo também está envolvido na reestruturação que está sendo feita para salvar o grupo.

A empresa não detalhou o conteúdo do acordo, mas o Mubadala, fundo soberano de Abu Dhabi, fez um aporte de 2 bilhões de dólares na EBX. Em 2012, o Goldman Sachs assessorou o fundo na compra de uma fatia de 5,6% na holding do empresário Eike Batista.

Leia mais: CVM apura mais de 15 casos envolvendo empresas de Eike

Eike Batista renuncia ao cargo de presidente da MPX Energia

(com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade