DreamWorks anuncia demissão de 500 funcionários

Depois do fracasso de "As aventuras de Peabody e Sherman" e de "Turbo", estúdio também informou que cortará sua produção de três para dois filmes por ano

Por Da Redação - 23 jan 2015, 11h07

Os estúdios DreamWorks Animation anunciaram nesta quinta-feira que demitirão 500 colaboradores, cerca de 25% de seu quadro de funcionários. Além disso, informou que reduzirão sua produção de três para dois filmes por ano. “A principal prioridade da DreamWorks Animation é obter êxito em nível criativo e financeiro”, afirmou em nota o cofundador da companhia Jeffrey Katzenberg. “Acredito que este plano estratégico produzirá bons filmes, conseguirá melhores bilheterias e aumentará os ganhos da empresa”, acrescentou.

Leia também:

Warner Bros demite mil funcionários para fechar contas

Walt Disney socorre filial europeia com financiamento US$ 1,3 bilhão

Publicidade

Depois do fracasso de “As aventuras de Peabody e Sherman” e de “Turbo”, lançados no ano passado, a DreamWorks pretende se concentrar nas seis animações previstas para os próximos três anos: “Kung Fu Panda 3” e “Trolls” (2016); “Boss Baby” e “Os Croods 2” (2017); e “Larrikins” e “Dragons 3” (2018).

Criado em 2000 por Steven Spielberg, Katzenberg e David Geffen, DreamWorks Animation é o maior estúdio de animação independente de Hollywood, com um número entre 1.950 e 2.200 funcionários.

(Com agência France-Presse)

Publicidade