Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dow Jones fecha em baixa de 2,48%

Nova York, 1 nov (EFE).- O índice Dow Jones Industrial, o principal de Wall Street, fechou em baixa de 2,48% nesta terça-feira, em sintonia com as principais bolsas mundiais após a decisão da Grécia de submeter a plebiscito o segundo pacote de resgate do país.

Esse indicador, que reúne 30 das maiores empresas americanas, perdeu 297,05 pontos, para 11.657,96. O índice seletivo S&P 500 recuou 2,79%, para 1.218,28 pontos, enquanto o indicador da bolsa eletrônica, a Nasdaq, fechou em queda de 2,89%, aos 2.606,96.

O pregão nova-iorquino reagiu como grande parte dos mercados de valores em todo o mundo à surpreendente proposta do primeiro-ministro grego, Giorgos Papandreou, de submeter a plebiscito o acordo firmado pela zona do euro para solucionar a crise grega e que inclui um perdão de metade da dívida do país.

A notícia influenciou todos os componentes de Wall Street a fecharem em queda – a principal delas, de 7,99%, foi a dos papéis do Morgan Stanley, seguidos pelos de Citigroup (-7,66%), Bank of America (-6,3%), JPMorgan Chase (-5,9%), Goldman Sachs (-5,49%) e Wells Fargo (-4,4%).

Também se destacaram os resultados negativos dos títulos de Cisco (-5,07%), GE (-4,13%) e outras nove empresas com quedas de mais de 3%.

Apenas fecharam em alta neste indicador as ações da companhia farmacêutica Pfizer (0,36%), que antes da abertura anunciou que no terceiro trimestre de 2011 teve um lucro líquido de US$ 3,738 bilhões, sobretudo devido ao aumento de suas vendas.

Os investidores continuaram a acompanhar de perto hoje a situação do banco MF Global, que protagonizou na segunda-feira a oitava maior quebra da história dos EUA, devido à sua exposição à dívida pública da União Europeia. Nesta terça, a imprensa americana revelou que as autoridades dos EUA estão investigando a firma por supostamente desaparecer com centenas de milhões de dólares de seus clientes.

Em outros mercados, o preço do Petróleo Intermediário do Texas caiu 1,07%, para US$ 92,19 por barril, o ouro recuou até US$ 1.711,8 a onça, o dólar ganhava terreno frente ao euro (que era cotado a US$ 1,3702) e a rentabilidade da dívida pública americana a dez anos caía 1,98%. EFE