Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Doria anuncia criação de polos de desenvolvimento para a indústria

Governo de SP promete conjunto de medidas para incentivar geração de empregos em diversos pontos do estado e nega incentivo fiscal a setores específicos

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta quinta-feira, 23, a criação de 11 polos de desenvolvimento econômico com pacotes de benefícios setoriais para a indústria. Segundo ele, o objetivo é gerar empregos e movimentar a economia. 

Doria disse que, para cada polo, serão criadas medidas de desenvolvimento, como simplificação tributária, qualificação de jovens e facilitação na expedição de licenças ambientais. No entanto, ele nega que haverá isenção tributária ou incentivo fiscal nesses polos.  Doria explicou que haverá linha de financiamento pela Desenvolve-SP e que serão feitas parceria junto ao BNDES. 

“Esse é um governo liberal e de forma nenhuma estamos fazendo um programa de incentivo fiscal pra setores específicos ou guerra fiscal. A atuação dos polos é para identificar falhas de mercado e atuar nas falhas de governo”, comentou a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen. “Nosso trabalho aqui é alavancar a produtividade e a competitividade do setor privado impulsionando e melhorando as políticas públicas nas regiões onde as cadeias produtivas estão instaladas”, disse. 

Os polos anunciados são:

  • Agritech, Aeroespacial, Serviços Tecnológicos (Campinas, Piracicaba e Ribeirão Preto);
  • Alimentos e Bebidas ( Marília, Bauru, São Carlos, Barretos, São Paulo e Região Metropolitana, Piracicaba, Campinas);
  • Automotivo (Sorocaba, Campinas, Piracicaba, ABC, Alto Tietê, São Paulo e Região Metropolitana, Vale do Paraíba);
  • Biocombustíveis (Barretos, São José do Rio Preto, Araçatuba, Presidente Prudente);
  • Couro e Calçados (Franca, Bauru, Araçatuba); Derivados de Petróleo e Petroquímico (Baixada Santista, Piracicaba, Bauru, São Paulo, Alto Tietê, Vale do Paraíba);
  • Eco Florestal (Vale do Ribeira); Metal-metalúrgico, Máquinas e Equipamentos ( Ribeirão Preto, Central, Piracicaba, Sorocaba, São Paulo, Alto Tietê, Vale do Paraíba);
  • Químico, Borracha e Plástico (Baixada Santista, São Paulo e Região Metropolitana, Campinas, ABC, Alto Tietê, Vale do Paraíba)
  • Saúde e Farmácia (Ribeirão Preto, Campinas, São Paulo e Região Metropolitana, Alto Tietê)
  • Têxtil, Vestuário e Acessórios (São Carlos, Itapetininga, Sorocaba, São Paulo e Região Metropolitana, Vale do Paraíba).