Clique e assine a partir de 9,90/mês

Dona do Burger King anuncia compra da Popeyes por US$ 1,8 bilhão

A RBI, controlada pela brasileira 3G Capital, de Jorge Paulo Lemann, vai adquirir a rede de fast food americana por US$ 79 por ação

Por Da redação - Atualizado em 21 fev 2017, 12h24 - Publicado em 21 fev 2017, 12h22

A multinacional canadense Restaurant Brands International, dona do Burger King e controlada pela brasileira 3G Capital, empresa que tem entre seus sócios Jorge Paulo Lemann, anunciou nesta terça-feira a compra da rede americana de fast food Popeyes. Cada ação será comprada por 79 dólares, o que avalia a companhia 1,8 bilhão de dólares.

A RBI também é dona da rede de cafeterias canadense Tim Hortons.

A empresa de private equity brasileira 3G Capital, controlada por Lemann, detém cerca de 43% das ações com direito a voto da RBI. A 3G Capital fez seu nome depois de comprar grandes empresas americanas, incluindo a Kraft Heinz (dona da própria Heinz, do Kraft Mac and Cheese, da Philadelphia, entre outras).

A Berkshire Hathaway, do bilionário Warren Buffett, que tem participação na 3G Capital, se comprometeu a pagar 3 bilhões de dólares em ações preferenciais para financiar esse negócio.

Continua após a publicidade

Em comunicado publicado nesta terça-feira em seu site, a companhia declara ser “uma das maiores redes de serviço rápido de frango do mundo, com 2.688 restaurantes nos Estados Unidos e 25 outros países ao redor do mundo e a sua presença global complementará o portfólio existente da RBI de mais de 20 mil restaurantes em mais de 100 países e territórios”.

Por volta das 12h, as ações da Popeyes subiam 19,22%, sendo cotadas a 78,83 dólares.

A conclusão da aquisição está prevista para abril. A partir de então, a rede será administrada de forma independente nos Estados Unidos. A RBI planeja continuar a desenvolver a marca nos mercados americano e internacional nos próximos anos.

Publicidade