Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dólar segue mercado externo e fecha cai para R$ 1,7160

Por Silvana Rocha

São Paulo – O fluxo cambial foi levemente negativo hoje, mas o dólar retomou a queda ante o real e operou em baixa durante toda a sessão, em linha com o discreto recuo da moeda norte-americana no exterior. O Banco Central manteve-se fora do mercado, embora o dólar tenha testado a mínima, mais cedo, de R$ 1,7090 (-0,93%).

Os investidores globais receberam com otimismo a aprovação do programa de austeridade pelo Parlamento da Grécia ontem, mas sabem também que uma decisão final sobre um segundo programa de ajuda para Atenas será tomada apenas em março, segundo frisou mais cedo Marianne Kothe, porta-voz do Ministério de Finanças alemão. Além disso, os líderes dos principais partidos políticos da Grécia ainda precisarão se comprometer até quarta-feira com essas reformas em um documento por escrito, segundo o porta-voz grego Pantelis Kapsis.

Essa garantia por escrito precisa ser entregue antes da reunião do grupo de ministros de Finanças da zona do euro (Eurogrupo), que se encontra em Bruxelas para decidir sobre a liberação do segundo pacote de resgate para os gregos, de 130 bilhões de euros, da União Europeia e Fundo Monetário Internacional (FMI). Atenas deverá informar os ministros sobre a planejada troca de bônus que estão nas mãos de credores privados.

Nesse ambiente, o dólar à vista fechou com baixa de 0,52%, cotado a R$ 1,7160 no balcão, e de 0,51%, a R$ 1,7163 na BM&F. A máxima, no balcão, foi de R$ 1,7220 (-0,17%). O giro à vista registrado na clearing de câmbio até 16h40 somava US$ 2,017 bilhões (US$ 1,671 bilhão em D+2).