Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Dólar opera abaixo do patamar de 3,70 reais após pesquisa eleitoral

Na segunda 15, pesquisa Ibope mostrou que Jair Bolsonaro (PSL) lidera a disputa com 59% dos votos válidos, contra 41% de Fernando Haddad (PT)

Por Redação Atualizado em 16 out 2018, 14h51 - Publicado em 16 out 2018, 11h11

O dólar opera em baixa na manhã desta terça-feira, 16, influenciado pelo cenário eleitoral e pela escalada de tensão entre Estados Unidos e Arábia Saudita. Às 10h30, a moeda era negociada a 3,6992 reais – o menor valor desde 25 de julho, quando o dólar fechou a 3,689 reais. Já o Ibovespa, principal índice de ações da Bolsa de Valores de São Paulo, a B3, subia 1,39%, aos 84.520 pontos.

Ontem, pesquisa divulgada pelo Ibope mostra que o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) lidera a disputa com 59% dos votos válidos, contra 41% de Fernando Haddad (PT).

  • “Chama atenção a rejeição de Haddad, que tem superado a do candidato do PSL em praticamente todos os estudos para o segundo turno”, disse a corretora H. Commor em boletim financeiro. “Nesse âmbito, Bolsonaro tem 35% e Haddad 47%, uma estatística que ajuda a alavancar apostas de que dificilmente o PT ‘virará o jogo’ até o dia 28”.

    Na mínima, o dólar foi vendido a 3,6963 reais. A desvalorização da moeda chegou a 0,999% em relação ao dia anterior.

    No exterior, o desaparecimento do jornalista Jamal Khashoggi após entrar na embaixada da Arábia Saudita na Turquia, fez com que o secretário do Estado americano, Mike Pompeo, desembarcasse no país saudita em busca de explicações para o caso.

    No fim de semana, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu “punições severas” contra o país se for descoberto que Khashoggi, um proeminente crítico das autoridades sauditas e imigrante legalizado nos Estados Unidos, foi morto no consulado saudita em Istambul.

    Continua após a publicidade
    Publicidade