Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dólar fecha estável e interrompe sequência de 6 quedas

Por José de Castro

SÃO PAULO, 24 Jan (Reuters) – O dólar fechou perto da estabilidade ante o real nesta terça-feira, anulando quase toda a alta do início do dia em meio à melhora nos mercados externos e antes de um feriado municipal no Brasil que deve reduzir a liquidez nas operações locais.

A divisa norte-americana teve variação positiva de 0,02 por cento, para 1,7525 real na venda, encerrando uma série de seis baixas consecutivas, na qual se desvalorizou 2,12 por cento.

A taxa de câmbio abriu em alta, na máxima alcançando 1,7688 real, mas passou a perder força no restante do dia e na mínima recuou a 1,7516 real, conforme o euro e as bolsas de valores norte-americanas reduziam as perdas.

Mais cedo, predominou entre investidores a cautela em torno das discussões para salvar a Grécia de um calote. Os ministros das Finanças da zona do euro rejeitaram uma proposta de credores privados para trocar os bônus atuais por novos papéis, aumentando as dúvidas sobre o futuro de Atenas dentro da zona do euro.

No Brasil, o mercado continuou recebendo fortes entradas de dólares. Segundo o Banco Central, o fluxo cambial registrou saldo positivo nas três primeiras semanas do ano de 6,654 bilhões de dólares. Só na semana passada, foram 3,636 bilhões de dólares, mantendo o forte ritmo de entrada.

O reforço nos ingressos levou os bancos a reverterem suas posições em dólar no mercado à vista, agora compradas em 4,84 bilhões de dólares. As instituições terminaram dezembro com exposição vendida de 1,583 bilhão de dólares.

A sessão de quarta-feira deve ser bastante fraca, devido ao feriado de aniversário da cidade de São Paulo. Da pauta internacional, destaque para a decisão de juro nos Estados Unidos, para a qual a expectativa é de que o Federal Reserve (banco central norte-americano) deve manter a taxa entre zero e 0,25 por cento.

As operações domésticas voltam ao normal na quinta-feira.