Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Dólar abre em queda, com mercado mais acomodado

Por Da Redação - 6 out 2011, 10h09

Por Cristina Canas

São Paulo – O dólar comercial começou o dia em queda de 0,38% negociado a R$ 1,829. De acordo com os operadores, a trajetória reflete o fim dos ajustes de posições que agitaram o mês de setembro e a sinalização dada pelo Banco Central, que interveio quando as cotações mostravam disposição para seguir um rumo de alta forte. “Os investidores já se ajustaram e o Banco Central atuou. Isso acomodou o mercado e, agora, o momento é de espera”, disse um operador.

No mercado internacional, o que se espera é uma solução para a crise grega e seus desdobramentos. Nesse sentido, o mercado realmente gostou e está comprando a retórica da lideranças europeias em relação a um esforço conjunto para recapitalizar os bancos. A informação surgiu na tarde de terça-feira, foi endossada ontem pela chanceler alemã, Angela Merkel, hoje pelo presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, e sustenta até agora o desempenho positivo das bolsas.

Por isso, hoje, os investidores vão ficar de olho bem atento à reunião da chanceler da Alemanha com dirigentes do Fundo Monetário Internacional (FMI), do Banco Mundial, do Banco Central Europeu e da OCDE, que vai ocorrer hoje, sem horário definido ainda.

Publicidade