Clique e assine com até 92% de desconto

Dilma: Governo ainda está discutindo meta fiscal de 2016

Declaração foi dada sob rumores de que o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, deixará o posto se a meta for zerada

Por Da Redação 11 dez 2015, 14h04

A presidente Dilma Rousseff disse nesta sexta-feira que a meta fiscal para 2016 ainda está em discussão e afirmou que pode haver posições diferentes sobre o tema no governo. As declarações da presidente a jornalistas ocorrem após reportagens segundo as quais o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, teria dito que deixará o governo se a meta de superávit primário do ano que vem, atualmente estipulada em 0,7% do Produto Interno Bruto (PIB), for zerada.

“Essa é uma questão que o governo está discutindo”, disse a presidente ao ser questionada por jornalistas sobre qual será a meta. “O governo está discutindo isso. Dentro do governo pode ter posições diferentes, nós estamos discutindo isso.” O rumor sobre a saída de Levy do governo tem puxado a alta do dólar desde a manhã desta sexta.

Abordada por jornalistas após entrega do 21º Prêmio de Direitos Humanos, Dilma repetiu tom de declaração divulgada à imprensa logo após encontro com o vice-presidente Michel Temer na quarta-feira à noite e disse que teve uma conversa “pessoal e institucionalmente” com o vice, que classificou de “muito rica”.

(Com Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade