Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

‘Dificilmente teremos concursos nos próximos anos’, diz Bolsonaro

Presidente disse que Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal são exceções

Por Da Redação - Atualizado em 22 jun 2019, 16h08 - Publicado em 22 jun 2019, 16h05

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) falou neste sábado, 22, que a redução de concursos públicos do goveno não deve atingir a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal. “Fora isso, dificilmente teremos concursos no Brasil nos próximos poucos anos”, afirmou o presidente a jornalistas.

No início do mês, o ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou que o governo optou por não promover concursos públicos por um tempo. Segundo Guedes, cerca de 40% do funcionalismo federal atual deve aposentar-se em até cinco anos, o que possibilitará ao governo enxugar a máquina pública sem demitir.

“Nos últimos anos, houve excesso de contratações. Os salários subiram ferozmente”, declarou o ministro, que foi convocado pela Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados para debater os impactos econômicos e financeiros da aprovação da proposta de reforma da Previdência.

O projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020 não prevê a realização de concursos públicos. Neste mês, entrou em vigor a nova regra para os pedidos de concursos públicos, segundo a qual os requerimento serão centralizados no Ministério da Economia, que pretende conceder autorizações apenas em casos excepcionais.

Publicidade