Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Diageo está perto de comprar a Jose Cuervo

Segundo o jornal The Sunday Times, multinacional de bebidas poderá anunciar negócio na próxima quinta-feira

Por Da Redação 19 ago 2012, 18h21

A fabricante de bebidas Diageo está perto de fechar um acordo para comprar a destilaria mexicana Jose Cuervo Tequila, da família Beckmann, por cerca de 3 bilhões de dólares, informou hoje o jornal britânico The Sunday Times.

O jornal informou, sem citar fontes, que o presidente da Diageo, Paul Walsh, pode anunciar a aquisição juntamente com os resultados anuais da empresa na próxima quinta-feira, porém, as negociações podem durar mais algumas semanas. A companhia é a segunda maior fabricante de bebidas alcoólicas do mundo, e possui marcas como Smirnoff e Johnnie Walker em seu portfólio.

O montante de 3 bilhões de dólares poderão ser pagos em parte. A família Beckmann está sendo orientada pelo banco britânico Barclays, enquanto HSBC e o Goldman Sachs assessoram a Diageo. O porta-voz da fabricante de bebidas não foi encontrado para comentar o assunto.

Foco em emergentes – Em maio, a Diageo anunciou a aquisição da marca de cachaça brasileira Ypióca por 469 milhões de dólares. Assim como outros grupos internacionais de bebida, a empresa tenta se fazer presente em países emergentes para compensar a demanda instável na Europa.

A companhia londrina recentemente investiu em negócios como a Mey Icki (Turquia) e ShuiJingfang (China) para aumentar as vendas nos países emergentes, que atualmente respondem por quase 40% do total da Diageo.

Tomar o controle Jose Cuervo daria à empresa importante acesso ao mercado mexicano e uma oferta mais forte de suas marcas, sobretudo de uísque e vodka, na América Latina.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade