Clique e assine com até 92% de desconto

Deutsche pediu leniência no caso da Libor, diz revista

Por Da Redação 15 jul 2012, 12h00

Por Danielle Chaves

Londres – O alemão Deutsche Bank se ofereceu a autoridades da Comissão Europeia e da Suíça para cooperar nas investigações sobre suposta fixação da taxa de empréstimos interbancária Libor em troca de leniência, segundo um artigo publicado pela revista alemã Der Spiegel.

A revista afirmou que o Deutsche Bank solicitou status de testemunha colaboradora em 2011 e recentemente o pedido foi aceito. “Há nervosismo no Deutsche Bank”, disse à revista uma pessoa próxima ao banco. O banco não quis comentar a reportagem.

A Libor está no centro de um escândalo bancário internacional enquanto autoridades dos dois lados do Atlântico investigam acusações de que vários bancos manipulavam a taxa. Segundo a Spiegel, o Deutsche Bank é suspeito, junto com outras 20 instituições financeiras, de ter influenciado a taxa entre 2005 e 2011. As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade
Publicidade