Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Desemprego volta a bater recorde na zona euro

O desemprego na zona do euro aumentou para 10,1% em abril (15,860 milhões de pessoas), ante 10% em maio, segundo dados da agência de estatísticas Eurostat. É o maior patamar desde junho de 1998.

A taxa de desemprego da zona euro permanecia estável em 10% desde fevereiro, o que já constituía um recorde desde a criação da moeda única. Em abril, a região tinha 15,86 milhões de pessoas à procura de emprego. Até o fim do ano, analistas esperam que a taxa atinja pico perto de 11%, devido a uma piora no mercado de trabalho de Espanha, Portugal e Itália.

Na União Europeia (UE, integrada por 27 países, incluindo os 16 da zona euro), o desemprego permaneceu em 9,7%, mesmo índice registrado em março.

(Com Reuters)