Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Desemprego sobe para 7,9% em outubro nos EUA

Taxa aumento apesar do aumento na criação de postos de trabalho, com 171.000 novas vagas

Por Da Redação 2 nov 2012, 10h26

A taxa de desemprego nos Estados Unidos subiu a 7,9% em outubro, apesar do aumento na criação de postos de trabalho, com 171.000 novas vagas, anunciou o Departamento de Trabalho. A alta de 0,1% na taxa de desemprego em outubro na comparação com setembro está dentro da previsão dos analistas. O número de novos postos de trabalho, no entanto, representa um aumento de 16% em relação ao mês anterior e supera as expectativas do mercado, que previa aumento de 125.000 postos líquidos.

Por outro lado, o governo revisou em alta de 33% sua estimativa para a criação de emprego para agosto e setembro. A criação líquida de emprego no setor privado no mês de outubro foi de 184.000 postos, uma alta de 44% em um mês, atingindo um máximo desde fevereiro, acima das previsões dos analistas de 130.000 novos empregos.

Os motores da criação de emprego neste final de ano nos EUA são os setores de varejo e serviços, reforçados pelo aspecto sazonal das festas de fim de ano. As contratações em novembro tendem a aumentar ainda mais no varejo devido à Black Friday, o principal dia de compras e liquidações dos americanos, e que antecede o Natal.

No aspecto político, os dados positivos publicados dias antes das eleições nos Estados Unidos também favorecem o atual presidente, Barack Obama, em sua batalha contra o republicano Mitt Romney.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade

Publicidade