Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Desemprego na zona do euro fica em 12% em agosto

Segundo comunicado da Eurostat, dado de julho foi revisado de 12,1% para 12%

Por Da Redação - 1 out 2013, 13h48

O desemprego na zona do euro manteve-se estável em 12% em agosto, segundo dados da agência oficial de estatísticas da União Europeia, Eurostat. O número de pessoas desempregadas caiu para 19,178 milhões em agosto, ante 19,183 milhões em julho. Contudo, a taxa de desemprego de julho foi revisada para baixo, a 12%, após ter sido anteriormente registrada em 12,1%. Sem saber da revisão do mês anterior, economistas previam que a taxa de desemprego ficasse estagnada em 12,1%. Em maio e junho a taxa estava em 12,1%.

Leia mais:

Zona do euro ainda é fonte de risco para economia, diz OCDE​

Bancos pagarão € 7,9 bi ao BCE por empréstimos da crise

Publicidade

Espanha tem recorde de empréstimos inadimplentes em julho

Um sinal positivo veio do dado de desemprego entre os jovens, que recuou de 23,8% em julho e junho para 23,7% em agosto.

A Espanha e a Grécia foram os países onde o desemprego mostrou-se alto, acima de 25%, e economistas não esperam que caia abaixo de 20% no curto prazo. Na Espanha o desemprego ficou inalterado em 26,2% em agosto, a segunda maior no bloco. Já na Itália, a taxa subiu de 12,1% em julho para 12,2% em agosto.

(com Estadão Conteúdo e agência Reuters)

Publicidade