Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Desemprego na Grécia sobe para 27% em fevereiro

Número de pessoas sem trabalho mais que triplicou em cinco anos; 64,2% dos jovens gregos não têm emprego

Por Da Redação 9 Maio 2013, 10h12

A taxa de desemprego subiu novamente na Grécia em fevereiro e atingiu 27%, em comparação com a leitura revisada para baixo de 26,7% em janeiro. Os dados foram informados nesta quinta-feira pela Elstat, a agência de estatísticas do país. O desemprego na Grécia é o maior dentro da zona do euro e mais do que o dobro da taxa de 12,1% registrada no bloco como um todo no mesmo período.

Os dados mostram que a crise no mercado de trabalho continua afetando fortemente os jovens. Cerca de 64,2% dos gregos com idade entre 15 e 24 anos estavam sem emprego em fevereiro, em comparação com 24% na zona do euro e 7,6% na Alemanha, que é a maior economia do bloco.

O número total de pessoas sem trabalho na Grécia chegou a 1,3 milhão, 200 mil desempregados a mais que no mesmo mês em 2012. De 2008 a 2013, o número de pessoas sem trabalho mais que triplicou – há cinco anos, eram apenas 391,3 mil desempregados.

Leia também:

Grécia vive 2ª greve geral do ano contra cortes do governo

Desemprego bate recorde de 12,1% na zona do euro

“A zona do euro continuará em baixa no início de 2013”, diz Draghi

(com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Publicidade