Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Desemprego na eurozona alcançou 10,7% em janeiro

Por Da Redação 1 mar 2012, 07h44

O índice de desemprego na eurozona sofreu uma leve alta para 10,7% em janeiro, ante 10,6% registrado em dezembro de 2011, anunciou a agência europeia de estatísticas Eurostat. A taxa é recorde e representa 16,92 milhões de pessoas sem trabalho – 185.000 desempregados a mais que no mês anterior. Em janeiro do ano passado, a taxa de desemprego no bloco dos 17 países que adotam a moeda era de 10%.

Mais uma vez a Espanha é a mais afetada pelo problema, com uma taxa de 23,3%. O segundo maior índice é o da Grécia (19,9%, dado ainda de novembro de 2011). O país é seguido por Irlanda e Portugal (14,8% cada). As menores taxas de desemprego foram registradas na Áustria (4,0%), Holanda (5,0%) e Luxuemburgo (5,1%).

Inflação – A inflação, com índice de 2,7% em fevereiro, teve uma leve alta no início de 2012 – no mês anterior, a alta foi de 2,6%. Uma queda abrupta das temperaturas na Europa e a elevação dos preços do petróleo estiveram por trás da alta nos preços. A taxa, porém, está abaixo do pico do ano passado, de 3%.

(Com France-Presse e Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade