Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Desemprego na Espanha é o maior dos últimos 35 anos

Taxa sobe para 21,3% no 1º tri; país já tem quase 5 milhões de desempregados

Por Da Redação 29 abr 2011, 05h01

O número de desempregados na Espanha chegou a 4.910.200 no primeiro trimestre deste ano, enquanto o índice de desemprego subiu quase um ponto percentual, até 21,29%, segundo os dados oficiais divulgados nesta sexta-feira.

Trata-se do índice de desemprego mais alto desde o segundo trimestre de 1997, quando alcançou 20,72%, e também do número total de pessoas sem emprego mais elevado desde o início dessa estatística, em 1976, de acordo com a Enquete de População Ativa (EPA), divulgada nesta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Entre janeiro e março, o número de novos desempregados cresceu em 213.500 pessoas.

A ocupação sofreu queda de 256.500 pessoas no primeiro trimestre do ano, até 18.151.700, enquanto a taxa de atividade caiu a 59,88%.

Além disso, o número de lares com todos seus integrantes desempregados é de 1.386.000, 58 mil mais que no trimestre anterior; enquanto aqueles nos quais todos seus membros estão ocupados são agora 9.066.000, ou seja, 154.600 menos.

(com Agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade