Clique e assine com até 92% de desconto

Desemprego cai para 5,2% em novembro, mínima recorde

Por Da Redação 22 dez 2011, 09h24

RIO DE JANEIRO (Reuters) – A taxa de desemprego no Brasil caiu para 5,2 por cento em novembro, o menor patamar de todos os meses da série histórica do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que começou em 2002, segundo informou o Instituto nesta quinta-feira.

O dado se compara a uma taxa de 5,8 por cento em outubro deste ano e aos 5,7 por cento de novembro do ano passado. Economistas consultados pela Reuters projetavam leitura de 5,65 por cento.

A população ocupada aumentou 0,7 por cento no mês, o equivalente a um acréscimo de 148 mil pessoas. Em relação a novembro do ano passado, a população ocupada cresceu 1,9 por cento, ou 431 mil pessoas.

O total de pessoas ocupadas nas seis regiões metropolitanas pesquisadas pelo IBGE chegou a 22,830 milhões. O número de desocupados (desempregados ativamente procurando trabalho), caiu em 9,6 por cento entre outubro e novembro, uma diminuição equivalente a 133 mil pessoas. Em relação a novembro de 2010, o número de desocupados baixou 7,9 por cento, uma redução de 108 mil pessoas. Nas seis regiões, o total de desocupados era de 1.252.000 pessoas em novembro.

O rendimento médio do trabalhador ocupado subiu 0,1 por cento em novembro ante outubro, para 1.623,40 reais. O valor representa uma alta de 0,7 por cento sobre o de novembro de 2010.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier; Texto de Hélio Barboza; Edição de Silvio Cascione)

Continua após a publicidade
Publicidade