Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Desemprego afeta 4,98 milhões de pessoas na Espanha

Em ritmo anual, o desemprego registrou alta de 8,28% - o que representa 380.949 pessoas a mais desempregadas no período

O índice de desemprego voltou a subir em janeiro na Espanha – e o país já soma 4.980.778 de desempregados. Segundo dados divulgados nesta segunda-feira pelo Ministério de Emprego e Seguridade Social espanhol, a taxa subiu 2,72% em relação a dezembro, com o acréscimo de 132.055 pessoas ao total de desempregados de um mês para o outro.

Em ritmo anual, o desemprego registrou alta de 8,28% – o que representa 380.949 pessoas a mais desempregadas no período. Os dados do ministério são diferentes dos números trimestrais publicados pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE), que utiliza outro método de cálculo. Segundo o INE, em dezembro de 2012 a Espanha tinha um índice de desemprego de 26,02%.

O ministério do Emprego destaca que os números de janeiro de 2013 são melhores que os de 2012. “Em janeiro de 2012, o aumento foi mais intenso, com 177.470 desempregados a mais que no mês anterior”, afirma um comunicado. A Espanha tem um índice de desemprego recorde em consequência da recessão e da rígida política de austeridade aplicada pelo governo do Partido Popular, dirigido por Mariano Rajoy.

Em 2012, a economia espanhola registrou contração de 1,37%.

(Com agências EFE e France-Presse)