Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Demanda do consumidor por crédito cai 1,2% em fevereiro

Segundo a Serasa Experian, o aumento dos juros já começa a surtir efeito

Por Da Redação 11 mar 2011, 10h44

A demanda do consumidor por crédito apresentou a segunda queda consecutiva no mês de fevereiro. Segundo o levantamento da empresa de consultoria Serasa Experian, a queda foi de 1,2% em relação a janeiro – que já havia registrado demanda 6,7% menor na comparação com dezembro. O resultado, no entanto, mostra-se positivo em relação a fevereiro de 2010, com alta de 19,9%.

A desaceleração é explicada, na avaliação dos economistas da entidade, pelas medidas macroprudenciais adotadas pelo Banco Central no início de dezembro de 2010, além do atual ciclo de elevação da taxa de juros.

A maior queda na demanda por crédito (de 2% no mês) foi verificada justamente nas camadas mais restritas da população, cuja renda varia entre 500 reais e 1000 reais. Vale lembrar que, em 2010, foi justamente essa camada da população que impulsionou o aumento da demanda, que chegou a ter alta de 46% entre essa faixa de renda. A segunda parcela da população que apresentou recuo (0,6%) foi aquela cuja renda oscila entre 5000 reais e 10000 reais ao mês.

Enquanto o Nordeste havia sido responsável pelos maiores índices de alta na demanda em 2010, este ano apenas o Norte apresenta aceleração. Em fevereiro, o avanço foi de 0,4% na comparação com o mês anterior. Nas demais regiões geográficas, os recuos foram de 1,9% (Sul), 1,2% (Sudeste) e 0,8% (Nordeste e Sentro-Oeste).

Continua após a publicidade
Publicidade