Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Delta anuncia compra de 20% da Latam por US$ 1,9 bilhão

Aérea americana deve vender sua participação de 9% na Gol; operação está sujeita à aprovação de autoridades da concorrência

Por da Redação - Atualizado em 26 set 2019, 21h09 - Publicado em 26 set 2019, 20h25

A companhia aérea americana Delta Air Lines anunciou nesta quinta-feira, 26, acordo para comprar a participação de 20% no grupo chileno-brasileiro Latam Airlines por 1,9 bilhão de dólares (cerca de 7,9 bilhões de reais). Com a operação, a americana deve vender a sua fatia de 9,4% de longa data na companhia aérea brasileira Gol – concorrente da Latam no Brasil. Além da compra de parte da empresa, a Delta se comprometeu a adquirir aviões da Latam e ainda investirá 350 milhões de dólares para apoiar a parceria estratégica.

De acordo com o comunicado, a operação melhorará a geração de caixa da Latam e deve reduzir a dívida da empresa em cerca de 2 bilhões de dólares até 2025. A operação representa uma oferta por 16,00 dólares por ação e será paga principalmente com a emissão de dívida e disponibilidade de caixa da empresa americana. Comunicado da empresa informa ainda que a Delta terá representante no conselho da Latam. A aérea dos EUA também vai comprar quatro aviões modelo A350 da Latam e concordou em assumir o atual contrato do grupo sul-americano de comprar dez modelos adicionais do avião A350 que serão entregues entre 2020 e 2025.

A operação está sujeita à aprovação de autoridades da concorrência e de governos. “A aliança com a Delta vai fortalecer nossa companhia e a nossa liderança na América Latina ao promover a melhor conectividade por nossa malha aérea altamente complementar”, disse o presidente do grupo Latam, Enrique Cuetom, em nota. A Delta exaltou a operação com a lembrança de que, juntas, as duas empresas terão posição de liderança nas rotas para os Estados Unidos em cinco dos seis maiores mercados da América Latina.

O acordo marca o maior investimento da companhia aérea americana desde sua fusão com a Northwest Airlines, uma década atrás. Além de participação na Gol, a Delta também tem fatias no Grupo Aeromexico, Air France KLM, China Eastern, Virgin Atlantic e na controladora da Korean Air Lines. A empresa americana também negocia a compra de uma participação de 10% na Alitalia.

Publicidade

(Com Estadão Conteúdo e Reuters)

Publicidade