Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Déficit em conta corrente cresce em 2011 no Brasil

BRASÍLIA, 24 Jan (Reuters) – O Brasil registrou em dezembro déficit em transações correntes de 6,040 bilhões de dólares, informou o Banco Central nesta terça-feira. No ano, o rombo atingiu 52,612 bilhões de dólares, contra 47,323 bilhões de dólares em 2010. Apesar do salto, os investimentos produtivos foram suficientes para cobrir o déficit no período.

O resultado da conta corrente de 2011 foi afetado, entre outros, pelas remessas de lucros e dividendos de multinacionais instaladas no país, que somaram 4,741 bilhões de dólares em dezembro e 38,166 bilhões de dólares no ano todo. Em 2010, o total havia sido de 30,375 bilhões de dólares.

O déficit com serviços atingiu 3,602 bilhões de dólares em dezembro e 37,906 bilhões de dólares em 2011. Só com viagens, o saldo ficou negativo em 1,114 bilhão de dólares em dezembro, chegando a 14,459 bilhões de dólares no ano passado todo.

Os investimentos estrangeiros diretos (IED) no país somaram 6,645 bilhões de dólares em dezembro, ante 15,374 bilhões de dólares em dezembro de 2010. No ano, o IED atingiu 66,660 bilhões de dólares, contra 48,506 bilhões de dólares no ano anterior.

O investimento de estrangeiros em ações negociadas na bolsa de valores atingiu 271 milhões de dólares em dezembro, forte queda em relação aos 2,035 bilhões de dólares do mesmo mês de 2010. No ano passado, as aplicações somaram 6,785 bilhões de dólares, contra 30,582 bilhões de dólares em 2010.

(Reportagem de Tiago Pariz)