Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Déficit dos EUA aumenta em maio, mas encolhe nos últimos oito meses

País ficou com saldo negativo de 138,73 bilhões de dólares, valor 11,28% maior que o registrado em 2012; no acumulado do ano fiscal, houve queda de 26% no déficit

Por Da Redação
12 jun 2013, 18h25

O governo dos Estados Unidos informou nesta quarta-feira que o país aumentou seu déficit orçamentário em maio, mas continua a caminho de registrar seu menor déficit em cinco anos, com arrecadação em trajetória de alta graças à melhora da economia impulsionando a receita.

O déficit em maio foi de 138,73 bilhões de dólares, valor 11,28% maior que o resultado do mesmo período do ano passado. Por outro lado, o déficit acumulado nos oito primeiros meses do atual ano fiscal, que começou em 1º de outubro de 2012, totalizou 626,33 bilhões de dólares, uma queda de 26% em relação ao mesmo período do ano fiscal anterior.

O saldo negativo registrado em maio superou as expectativas dos economistas, que previam um saldo negativo de 130 bilhões de dólares no período.

De acordo com projeções do Escritório de Orçamento do Congresso (CBO, na sigla em inglês), o déficit deve cair para 642 bilhões de dólares em todo o ano fiscal e chegar a 378 bilhões de dólares em 2015. A última vez em que o déficit orçamentário anual ficou abaixo de 1 trilhão de dólares foi em 2008, quando os gastos superaram a receita em 458,55 bilhões de dólares.

Continua após a publicidade

O governo norte-americano também anunciou que a receita do país saltou 15% neste ano fiscal e chegou a 1,801 trilhão de dólares. A alta foi motivada pelo aumento de impostos.

Leia também:

Obama defende maior receita fiscal para diminuir déficit

Continua após a publicidade

Déficit comercial dos EUA sobe menos do que o previsto em abril

Aperto fiscal dos EUA não vai ofuscar crescimento e criação de empregos, diz secretário de Tesouro

(com Estadão Conteúdo)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.