Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Defeito em componente eletrônico causou apagão, diz Chesf

Em nota, a estatal explica que um defeito num dispositivo denominado "cartela" acionou, indevidamente, sistema de proteção

A Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) divulgou nota nesta sexta-feira explicando o apagão que tomou conta do Nordeste nesta madrugada. Segundo a empresa, à 0h08 (horário de Brasília), um defeito no componente eletrônico denominado “cartela” acionou, indevidamente, o sistema de proteção da linha de transmissão que interliga as usinas de Luiz Gonzaga, localizada no município de Jatobá (PE), e de Sobradinho (BA).

Na sequência, à 0h21, ocorreu o desligamento da Subestação Luiz Gonzaga. Sete estados do Nordeste (Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará) foram afetados com interrupção de energia, tendo sido a última carga restabelecida às 4h37.

Na nota, a Chesf informa que, segundo o superintendente de Operação, João Henrique Franklin, depois de identificada a origem do defeito, todas as medidas necessárias foram tomadas para normalizar o atendimento o mais breve possível.

“Foi um evento considerado raro e a Chesf está trabalhando no Relatório de Análise de Perturbação, que será feito em conjunto com o Operador Nacional do Sistema (ONS) e com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel)”, afirmou.

A recomposição das cargas foi iniciada nos seguintes horários: Fortaleza (1h10), Aracaju e Salvador (2h05), Recife (2h15), João Pessoa (2h25), Maceió (3h35) e Natal (4h10).

(com Agência Estado)