Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Danone quer ativos da Nestlé na América Latina

Depois de comprar a divisão de alimentação infantil da Pfizer, a Nestlé terá de vender 30% do negócio, dizem especialistas

A Danone está interessada em comprar ativos que a Nestlé precisará vender, após a compra da divisão de alimentação infantil da Pfizer. O grupo francês quer expandir-se no segmento de leite infantil na América Latina, especialmente no México, para alcançar sua rival suíça. A Danone perdeu a liderança do setor em abril, quando a Nestlé comunicou a compra da divisão da Pfizer por 11,85 bilhões de dólares.

É provável que a Nestlé precise se desfazer de 30% dos negócios adquiridos para atender exigências de competição de mercado, incluindo alguns da Ásia, América Latina e Oriente Médio, de acordo com especialistas. Com alta lucratividade e aumento de demanda, o mercado global de nutrição infantil gira atualmente 30 bilhões de dólares e cresce 10% ao ano. O leite para bebês está entre os produtos mais consumidos em mercados emergentes devido ao aumento da renda das famílias.

“Se existirem oportunidades nos próximos meses, obviamente iremos analisá-las, começando pela América Latina, onde está nossa prioridade global, do México à Patagônia”, disse à Reuters o diretor de comunicação da Danone, Laurent Sacchi.

A Danone tem uma forte presença na Europa e Ásia, sem considerar as Filipinas, e poderia impulsionar sua presença nas Américas, disse.

(com Reuters)