Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dados positivos dos EUA ajudam bolsas na Europa a subir

Por Ricardo Gozzi

Londres – Os mercados de ações da Europa fecharam em alta hoje beneficiados por dados positivos sobre a economia dos Estados Unidos e pelos números do índice de atividade composto dos gerentes de compra da zona do euro.

Apesar da alta, traders observaram que hoje foi um dia de muita oscilação e de baixo volume de negócios. David Jones, da IG Index, opinou que a turbulência deve persistir enquanto não surgirem sinais de “progresso real” no combate à crise na Europa.

O índice pan-europeu Stoxx 600 subiu 2,29 pontos (0,99%), encerrando em 234,73 pontos. Na bolsa de valores de Paris, o índice Cac-40 fechou em alta de 22,56 pontos (0,76%), a 2.998,73 pontos, auxiliado principalmente pelo êxito de um leilão de bônus da Espanha e pela queda nos pedidos de auxílio-desemprego nos EUA.

A alta em Paris foi liderada pelos papéis da Accor (4,58%) e da EADS (2,75%). Já as ações do Credit Agricole caíram 4,4% hoje. Na noite de ontem, a agência de classificação de risco de crédito Fitch cortou o rating da instituição francesa.

Em Londres, o índice FTSE-100 avançou 34,05 pontos (0,63%), fechando em 5.400,85 pontos. Na bolsa de Frankfurt, o índice Dax subiu 55,48 pontos (0,98%), encerrando a sessão em 5.730,62 pontos.

Ao mesmo tempo, o índice FTSEMIB, da bolsa de valores de Milão, fechou em alta de 197,67 pontos (1,37%), a 14.627,69 pontos. Em Madri, o índice Ibex-35 ganhou 68,40 pontos (0,84%), terminando o dia em 8.250,40 pontos.

Enquanto isso, o índice PSI-20, da bolsa de Lisboa teve alta de 74,37 pontos (1,41%), encerrando em 5.342,74 pontos. As informações são da Dow Jones.