Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dados e Espanha afetam e Bolsa de NY acaba em baixa

Por Renato Martins

Nova York – O mercado norte-americano de ações voltou a fechar em queda, com os índices Dow Jones e S&P-500 caindo pelo quinto dia consecutivo; o Nasdaq fechou em baixa pelo quarto dia seguido. O S&P-500 encerrou no nível mais baixo desde 17 de janeiro. O Dow caiu pela 11ª vez em 12 sessões, o que não acontecia desde 2002.

O índice de ações de pequena capitalização Russell 2000 caiu 2,3% e acumula uma queda de mais de 10% em relação a seu pico de março, o que normalmente caracteriza um movimento de correção.

As Bolsas reagiram a indicadores econômicos fracos divulgados nos Estados Unidos (o índice de atividade do Fed de Filadélfia e o número de pedidos de auxílio-desemprego feitos na semana passada) e continuaram a refletir temores de contágio na crise europeia, desta vez em torno da Espanha.

A notícia de que as perdas anunciadas recentemente pelo JPMorgan Chase serão investigadas pelo FBI, e de que seu CEO, Jamie Dimon, terá de depor em audiências no Senado, contribuíram para a aceleração da queda no final da sessão.

“Tem sido como a tortura da água, é um pinga-pinga constante de más notícias. Acho que estamos vendo muitos fundos jogando a toalha. Estou vendo nomes concentrados em fundos de hedge levando uma surra”, comentou Seth Setrakian, da First New York Securities. “Estou um pouco decepcionada com o índice do Fed de Filadélfia e, é claro, com os outros indicadores. Acredito que ainda estamos em recuperação, mas ela não é bonita”, disse Diane Jaffee, gerente de carteira do TCW Group.

Entre as componentes do Dow, o destaque negativo foi Caterpillar, com queda de 4,42%, depois de a empresa dizer que suas vendas de equipamentos para construção e mineração tiveram uma desaceleração no período fevereiro/abril. As do JPMorgan caíram 4,31%. As da Wal Mart Stores subiram 4,21%, em reação a seu informe de resultado.

As ações da Apple caíram 2,92%, depois de a SAC Capital Advisors e a Viking Global Investors informarem que venderam 6,1 milhões de ações da empresa no último trimestre.

O índice Dow Jones fechou em queda de 156,06 pontos (1,24%), aos 12.442,49 pontos. O Nasdaq finalizou com retração de 60,35 pontos (2,10%), em 2.813,69 pontos. O S&P-500 acabou com perda de 19,94 pontos (1,51%), aos 1.304,86 pontos. O NYSE Composite encerrou com recuo de 112,41 pontos (1,48%), para 7.480,41 pontos. As informações são da Dow Jones.