Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Cúpula da União Europeia sobre orçamento fracassa

Mas o presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, está confiante de que um acordo pode ser alcançado no ano que vem

Por Da Redação 23 nov 2012, 15h01

Líderes europeus dos 27 membros da zona do euro não conseguiram chegar a um acordo sobre o orçamento da União Europeia (UE) neste segundo e último dia de reunião da cúpula. Os países ricos – Alemanha e Grã-Bretanha, em especial – afirmam que as restrições no plano de gastos públicos para o próximos sete anos que foi proposto são insuficientes.

Ao comentar o fracasso dos diálogos, o presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, declarou que “o trabalho continuará”. “Precisamos de mais tempo para encontrar uma solução”, destacou. Segundo ele, não há necessidade de “fazer drama” sobre a situação. Rompuy declarou ainda que foi feito trabalho suficiente para se ter confiança que um acordo pode ser alcançado no ano que vem.

O ministro das Relações Exteriores da Bélgica, Didier Reynders, escreveu no Twitter que os líderes deverão se reunir novamente em janeiro em um esforço para selar um acordo sobre o orçamento de 2014 a 2020. Uma fonte europeia disse que os entraves se deram por que os países cuja contribuição para o orçamento é maior que seus benefícios diretos não veem que as propostas de corte de gastos sejam suficientes.

Leia mais:

Confiança está voltando à eurozona, afirma Draghi

Alemanha mantém baixo crescimento no 3º trimestre

(com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade