Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Crescimento da atividade industrial americana desacelera em fevereiro

Apesar do ritmo menor, nível permaneceu perto da máxima de nove meses graças a uma forte demanda doméstica

Por Da Redação 21 fev 2013, 14h25

O ritmo de crescimento da indústria dos Estados Unidos desacelerou em fevereiro, mas permaneceu perto da máxima de nove meses graças a uma forte demanda doméstica, como mostrou nesta quinta-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

A empresa de dados financeiros Markit informou que seu PMI preliminar da indústria dos EUA caiu para 55,2 neste mês, ante 55,8 em janeiro, a melhor leitura desde abril de 2012 – acima de 50 indica economia em expansão.

O índice de produção avançou para 58,1, nível mais alto em quase dois anos, “sugerindo que a economia deve se recuperar após a fraqueza vista no final do ano passado”, disse o economista-chefe do Markit, Chris Williamson.

A economia norte-americana encolheu 0,1% no quarto trimestre de 2012, mas cresceu 2,2% no ano.

Leia também:

Fed projeta crescimento de 2,5% para o PIB dos EUA em 2013

Continua após a publicidade

A forte demanda de clientes dos EUA continuou a favorecer as encomendas, embora a taxa de crescimento tenha desacelerado reflexo da queda em novas encomendas do exterior pela primeira vez em quatro meses.

O índice de novas encomendas recuou para 56,5 ante 57,4 em janeiro.

“Embora a pesquisa pinte um cenário encorajador do setor industral, ajudando a conduzir um retorno ao crescimento para a economia como um todo no primeiro trimestre deste ano, as empresas ainda precisam ver uma confiança maior no panorama econômico de longo prazo para que os númerops de emprego melhorem de novo”, completou Williamson.

(com Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade