Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Cresce venda de imóveis novos em abril, diz Secovi-SP

Segundo associação, foram vendidas 2.147 unidades no quarto mês do ano ante 1.744 imóveis no mês anterior

Por Da Redação 23 jun 2014, 10h29

As vendas de imóveis residenciais novos na cidade de São Paulo somaram 2.147 unidades em abril deste ano, o que representa crescimento de 23,1% em relação a março, quando foram vendidos 1.744 imóveis, segundo a Pesquisa do Mercado Imobiliário, realizada pelo Departamento de Economia e Estatística do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP). Em valores, a movimentação no quarto mês do ano foi de 1,32 bilhão de reais, aumento de 34,9% em comparação aos 976,5 milhões de reais de março.

Segundo a entidade, foi o segundo mês consecutivo em que a comercialização de imóveis novos na capital paulista melhorou. “Considerando-se que, historicamente, o mercado vende menos no primeiro semestre, as vendas registradas em abril estão dentro da normalidade”, disse o Secovi-SP, em nota. Porém, a associação ressalva que, em comparação à média de resultados de meses de abril nos últimos cinco anoz (2.601 unidades comercializadas), houve um recuo de 17,4% em 2014.

Leia mais:

Imóveis têm queda de preço real no país em maio

Preço de imóveis desacelera pelo 6º mês

Também conforme o levantamento, as vendas de abril concentraram-se em imóveis lançados nos últimos seis meses: aproximadamente 86,4% das unidades comercializadas tinham sido ofertadas a partir de novembro de 2013. Outro destaque é que o segmento de dois dormitórios, com 762 unidades escoadas em abril, representou 35,5% do total vendido no mês. As unidades de um dormitório participaram com um terço da comercialização.

Lançamentos – O Secovi-SP divulgou ainda que, de acordo com relatório da Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio (Embraesp), foram lançadas 2.358 unidades residenciais na cidade de São Paulo em abril, recuo de 7,7% comparado às 2.555 ofertadas em março. Entretanto, houve avanço de 19,1% em relação à média de 1.980 imóveis lançados somente nos meses de abril dos últimos cinco anos (2009 a 2013). Praticamente metade dos lançamentos foi de apartamentos de dois dormitórios (1.142 unidades, ou 48,4% do total).

(com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade