Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cresce otimismo de investidor externo em portos, diz Coutinho

Presidente do BNDES disse que tem sido procurado por operadores internacionais e que empresários esperam definições em relação à MP

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, disse, nesta quarta-feira, que tem recebido muitos investidores internacionais nas últimas semanas. Segundo ele, a procura é tanto de investidores financeiros, como fundos, bancos e gestores de ativos financeiros, como de operadores, interessados em “aeroportos, portos, rodovias e até em ferrovias”. Coutinho participou nesta quarta-feira, em Brasília, da 1ª Conferência Nacional de Desenvolvimento Regional.

Os investidores buscam mais informações e até pedem “conselho” em relação a possíveis parcerias com empresas brasileiras. “Mas a gente não indica, apenas mostra uma lista de operadores brasileiros qualificados”, esclareceu Coutinho.

Leia também:

Greve de 80 mil funcionários pode paralisar portos na segunda

Dilma prepara terreno para aprovar MP dos Portos a qualquer custo

Governo quer lançar editais para 159 portos em 2013

Para Coutinho, chama atenção o interesse no setor portuário. Além das operadoras de rodovias, que são as que procuram o BNDES com maior frequência, o presidente disse que tem sido bastante procurado por operadores de portos. “Nesta semana, recebi um grande operador portuário europeu. Na semana passada, recebemos um grande operador asiático interessado em portos”, afirmou.

Leia também:

Investidores da Finlândia mostram interesse em portos brasileiros

Eles esperam, segundo Coutinho, definições em relação à MP dos Portos (595/2012), que tramita no Congresso Nacional. “Eles aguardam a lei para ter total segurança jurídica”, explicou. O texto enviado ao legislativo agrada aos investidores, de acordo com o presidente do BNDES. “Agrada principalmente a flexibilização do regime de terminais de uso privativo e a não exigência de carga própria. Isso tem motivado muito interesse”, disse.

Trimestre – Sobre o desempenho do BNDES desde o começo de 2013, Coutinho se limitou a dizer que “está indo bem”. Lembrou que entre janeiro e fevereiro foram desembolsados mais de 20 bilhões de reais. “E março está indo bem, mas ainda estamos no meio do mês”, disse.

(com Estadão Conteúdo)