Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Correios vão permitir suspender entrega após envio de produto

Segundo a empresa, a ferramenta evita que as lojas sejam vítimas de compras fraudulentas

Os Correios lançaram nesta terça-feira um recurso que permite que as empresas do comércio eletrônico solicitem a suspensão da entrega de mercadorias. A ferramenta evita que as lojas sejam vítimas de compras fraudulentas.

Após a suspensão da entrega, a encomenda é devolvida ao remetente – a solicitação só poderá ser feita pelo detentor do contrato com os Correios. No caso de marketplaces, plataforma que permite que as pessoas cadastrem produtos para venda, os vendedores terão que contatar diretamente o comércio eletrônico para suspensão da entrega.

A funcionalidade faz parte do Projeto Entrega Interativa, que permite interação entre os Correios e o cliente, e está disponível exclusivamente para lojas integradas via web services.

Ainda assim, os Correios informaram que trabalham no desenvolvimento de uma ferramenta para disponibilizar essa opção a todos os clientes – mesmo aqueles que não têm integração via web services.

Na última semana, os Correios lançaram a possibilidade de rastreamento da encomenda apenas inserindo  número do CPF ou CNPJ.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Se o serviço de entregas comum tem piorado, como podem achar que terão capacidade para fazer mais, um processo de entrega mais complexo?

    Curtir